A presidente da Associação FEM, Elisabete Brasil, participou como oradora convidada, no Seminário que assinalou os 20 anos da organização Médicos do Mundo. Sob o tema “A mulher e a violação dos direitos humanos no contexto das migrações” reuniram-se no auditório da sede da Ordem dos Médicos, no dia 8 de Outubro, diversos especialistas. Elisabete Brasil, perita na problemática da violência de género, interveio no Painel III  “A actividade das Organizações na defesa dos Direitos das Mulheres” .

A delegação portuguesa da Médicos do Mundo tem desenvolvido vários projectos, com enfoque na saúde das populações migrantes e refugiados, nomeadamente: CIT (Centro de Instalação Temporária no aeroporto de Lisboa); CATR- Centro de Acolhimento Temporário de Refugiados de Lisboa; Unidade Habitacional de Santo António, no Porto; CTR – Centro de Transição de Refugiados em Évora; bem como através das suas Equipas técnicas de rua, com os projectos Porto Escondido e Saúde a Girar, em Barcelos, no Porto e em Lisboa.

A delegação portuguesa da Médicos do Mundo está integrada numa rede de 16 países que procuram expressar as suas preocupações sob a chancela “Global Voice Protocol” (Voz Comum), que no corrente ano trabalha a temática da Violência de Género, com enfoque na mulher, tendo sido este o ponto de partida para a constituição do Seminário.