FEM – Feministas em Movimento

1 – Denominação (Local, Data da Fundação)

FEM- Feministas em Movimento (Lisboa, 26/07/2019 – atualidade)

 

2 – Morada da(s) Sede(s)

Primeiras reuniões na Casa do Brasil, no Chiado (Lisboa); a primeira Assembleia Geral no Sindicato dos Professores da Grande Lisboa; a primeira morada registada nos estatutos corresponde à morada de uma associada. A Junta de Freguesia de Charneca da Caparica e Sobreda, cedeu gratuitamente um espaço (Casa das Associações: Rua Mário Casimiro, Charneca da Caparica, Almada), contudo a instalação nessa morada coincidiu com o confinamento pandémico e durante os dois primeiros anos de existência da Associação, poucas vezes foi de facto usada, realizando-se as reuniões e desenvolvendo-se trabalho conjunto, maioritariamente, em reuniões online.

 

3 – Presidente(s), corpos sociais, fundadoras, militantes, representantes

Direção:

Elisabete Brasil (primeira presidente eleita, em 2019; em funções);

Fátima Alves, Filipe Vargas, Helena Amaral, Luísa Rego, Marina Macedo, Olga Mariano, Paula Ortiz, Raquel Afonso (vogais em 2019-2020);

Ana Carolina Santos, Ana Ribeiro, Fátima Alves, Guiomar Doidinho, Mariana Lagarto, Marina Macedo, Olga Mariano, Vanessa Sousa (vogais em funções).

 Assembleia Geral:

Helena Pinto (primeira presidente eleita, em 2019-2020; em funções);

Almerinda Bento e Catarina Marcelino (secretárias em 2019-2020);

Almerinda Bento e Aurora Rodrigues (secretárias em funções).

 Conselho Fiscal:

Fátima Barata (primeira presidente eleita, 2019-2020; em funções);

Guiomar Doidinho e Marta Fernandes (vogais em 2019-2020);

Marisa Domingos e Paula Ortiz (vogais em funções).

 

Sóci@s Fundador@s:

(Entre as fundadoras contam-se nomes da militância feminista portuguesa iniciada na ditadura; além de portuguesas a FEM conta com mulheres de outras seis nacionalidades: Brasil, França, Hungria, Itália, Moçambique e Reino Unido)

Albertina Pena
Alice Frade

Almerinda Bento
Ana Carolina Ferraz dos Santos
Ana Lagarto
Ana Lúcia Teixeira
Ana Luiza Tinoco
Ana Paula Ribeiro da Silva

Ângela Neves Rodrigues

Anne Marie Delletrez
Aurora Rodrigues
Bruna Tapada
Camila Nunes de Alencar
Catarina Marcelino
Cyntia Pereira de Paula
Cristina Duarte
Dalila Cerejo

Elisabete Brasil
Ellen Godoy Theodoro
Fátima Alves
Fátima Barata
Filipe Vargas
Gabriela Canavilhas
Graça Martins
Guiomar Doidinho
Helena Amaral
Helena Pinto
Iara Araújo
Inês Lagarto
Isabel Pires
Ivett Kereszt
Liliana da Silva Ribeiro
Luísa Rego
Maria Correia Rodrigues

Maria José Miranda Igreja
Marialinda Montanari
Mariana Lagarto
Marina Macedo
Marta Fernandes
Olga Mariano
Patrícia Von Der Way
Paula Ortiz
Raquel Afonso
Rosa Pires
Sandra Cunha
Solange Aparecida Celere
Sónia Duarte Lopes
Tania Laky de Sousa
Vanise Lima e Silva Cavalheiro
Zahrah Latif

4 – Órgão(s)

4.1. De comunicação interna: Newsletter enviada via email às/aos sócias/sócios com regularidade variável; a Newsletter n.º 1 tem data de publicação set|out|nov|dez 2019

 4.2. De comunicação externa: site institucional: https://fem.org.pt; Facebook: https://www.facebook.com/FeministasEmMovimento;

Instagram – https://www.instagram.com/feministasemmovimento/

 

5 – Programa / Estatutos /Objetivos

Os Estatutos da FEM (publicados no site) apresentam 3 artigos. O primeiro indica que a Associação “tem como fim a eliminação de todas as formas de discriminação e assegurar o direito à igualdade de género”. Este fim genérico é desdobrado em oito alíneas que descrevem os grandes temas que vão orientar a atuação da associação, descrita no artigo segundo. O terceiro artigo indica a ambição de expansão nacional e internacional. Fica evidente neste curto documento que a identidade da associação é marcada pela interseção entre ativismo e academia, é orientada pelos Direitos Humanos, focada no apoio às pessoas que por diversas circunstâncias estão mais vulneráveis (vítimas de violência, migrantes, refugiadas/os) e que a sua atuação não está circunscrita a uma zona geográfica.

 

6 – Evento(s) que organizou / participou: título; data e local; cartaz, anúncio publicado; notícias

Em três anos de existência (jul. 2019- jul. 2022) é muito vasto o número e diversificada a natureza de eventos organizados e participados pela Associação, com reflexo nos media tradicionais, mas principalmente nas redes sociais. Alguns exemplos:

– janeiro de 2020 (17/01): Festa de apresentação pública da FEM na Casa do Alentejo (Lisboa);

– março de 2020 (08/03): participação na Marcha do Dia Internacional da Mulher (Lisboa);

–  setembro de 2020 (21/09): divulgação do Relatório FEM- Estudo sobre as Consequências da Crise Pandémica na Vida das Mulheres Professoras em Portugal;

– novembro de 2020 (25/11): coorganização e participação na Marcha contra a violência contra as Mulheres (Lisboa);

– janeiro de 2021 (20/01): participação na conferência internacional de encerramento do projeto Improving Justice in Child Contact (IJCC): Children affected by Domestic Violence;

– março de 2021 (07/03): organização da sessão online “Violação: Não é Não!”;

– abril de 2021 (24/04): organização da sessão online “Mulheres Pela Liberdade”;

– setembro de 2021: participação no projeto de investigação “IM Lab (Intersectionality Media Lab) – The Joacine Katar Moreira Case Study”;

– março de 2022 (03/03): apresentação pública do projeto de investigação FEM “Feminismos antes do 25 de Abril de 1974 (Portugal 1890-1949)”;

– março de 2022 (14/03): participação na conferência do encerramento do projeto “Os Benefícios Sociais e Económicos da Igualdade Remuneratória entre Mulheres e Homens”, no ISEG;

– julho de 2022 (23/07): sessão de informação e sensibilização (presencial e online): “As mulheres nas comunidades ciganas”, na Casa das Associações, Charneca da Caparica, Almada.

 7 – Afiliações  internacionais

 8 – Memorabilia (crachats e outros artefactos)

A Associação tem dois crachats: 1 – representa o logotipo de cores lilás e verde sobre fundo branco; 2 – apresenta a designação «fem» a branco sobre fundo verde rodeado pelo símbolo feminino a lilás.

Crachat 1:    Crachat 2:

 

9 – Símbolo da Organização /Logotipo

O logotipo corresponde à designação “Fem. Feministas em Movimento” em que a letra “e” de Fem é formada pelo sinal matemático da igualdade. As cores são lilás e verde.  O logotipo foi eleito entre várias opções criadas a título gratuito por artistas e designers que responderam ao apelo de criar o logotipo da Associação.

Logotipo:

 

10 – Percurso da Organização: sumário

A génese da FEM acontece no Verão de 2019. Um grupo de doutorandas e docentes da primeira edição do curso Interuniversitário de Doutoramento em Estudos de Género (Universidade de  Lisboa; Universidade Nova de Lisboa), outras investigadoras e ativistas debatem a necessidade de intervenção feminista para dar resposta a problemas sociais, principalmente vividos por mulheres, quer em termos de ação prática, quer através do estudo aprofundado dos problemas e procura de soluções, numa perspetiva de género e considerando a interceção de discriminações. Entenderam que essa resposta haveria de assumir a forma de Associação por permitir desenvolver projetos de intervenção, debate e estudo. Tomada a decisão e resolvidas as formalidades necessárias a FEM deu conhecimento público da sua existência em janeiro de 2020. Nesse mesmo trimestre eclode a pandemia por covid-19 e é decretado o confinamento. Esta circunstância veio impactar a atividade da Associação, principalmente porque estava a dar os primeiros passos. Ao mesmo tempo, os efeitos nefastos da pandemia e confinamento, que se refletiram de forma acentuada na vida das mulheres, vieram confirmar as premissas de existência da FEM. Tornou-se mais premente dar resposta a vítimas de violência doméstica, espoletada ou exacerbada pelo contexto vivido. Foi criada uma resposta de ação/investigação, a estrutura de atendimento Lisboa+Igualdade: atendimento e prevenção da violência doméstica e de género, sob gestão técnica da FEM, que se mantém em atuação e que assegura, desde agosto de 2020, o atendimento presencial e telefónico a vítimas, num projeto financiado pela Câmara Municipal de Lisboa, e que teve, em 2020, por entidade parceira na componente de estudo, a Universidade Nova de Lisboa. Muitos outros projetos de variada dimensão nas componentes ação e/ou estudo foram realizados (como o estudo do impacto da pandemia na vida das mulheres professoras) ou estão em curso, sendo a FEM muito procurada para participar em atividades de divulgação sobre os feminismos em estabelecimentos de ensino básico, secundário e superior. Essa procura e essa capacidade de intervenção devem-se à longa experiência de ativismo de várias das associadas. Por outro lado, a FEM tem cativado uma nova geração de ativistas feministas que trazem para a Associação as suas próprias experiências e competências.

 

11 – Fontes Bibliográficas primárias

Newsletter 1-18: https://fem.org.pt/newsletters/

FEM – Feministas Em Movimento (2020). Consequências da Crise Pandémica na Vida das Mulheres Professoras. https://fem.org.pt/2020/09/20/relatorio-fem-estudo-sobre-as-consequencias-da-crise-pandemica-na-vida-das-mulheres-professoras- -em-portugal/

BRASIL, Elisabete; LAGARTO, Mariana; RIBEIRO, Ana (2021) – Feminismos antes do 25 de Abril de 1974 (Portugal 1890-1949). Lisboa: FEM.

BRASIL, Elisabete (2021) – Feministas em Movimento, Associação. In Estado da Questão “Faces de Eva. Estudos sobre a Mulher”, n.º 46. Famalicão: Húmus, p. 115-121.

 

12 – Fontes Bibliográficas secundárias

 

13 – Fontes Iconográficas e Audiovisuais

Galeria de imagens: cartazes e fotos, https://fem.org.pt/galeria-de-imagens/

Newsletter: ação/intervenção, https://fem.org.pt/newsletters/

Notícias na página da CIG:

  1. a) «CIG na apresentação pública da FEM» (21/01/2020), https://www.cig.gov.pt/2020/01/cig-na-apresentacao-publica-da-fem/
  2. b) «Associação FEM apresenta projeto “Feminismos antes do 25 de Abril de 1974 (Portugal 1890-1949)”» (10/03/2022), https://www.cig.gov.pt/2022/03/associacao-fem-apresenta-projeto-feminismos-antes-do-25-de-abril-de-1974-portugal-1890-1949/

 

Inventariantes / data

Ana Ribeiro (anaribeirodasilva.mail@gmail.com)  / Mariana Lagarto (mjslagarto@gmail.com) – 26 Julho 2022

 

Este trabalho, para efeitos de citação:

RIBEIRO, Ana;  LAGARTO, Mariana (2022), FEM – Feministas em Movimento, BIBLIOFEM, https://fem.org.pt/

 

 

×