Solidariedade com as Mulheres do Irão
Solidariedade com as mulheres iranianas foi o que levou mais de uma centena de pessoas a concentrar-se no Largo do Camões em resposta ao apelo de grupos de feministas, entre os quais a FEM – Feministas em Movimento. A concentração, na sequência da morte da jovem iraniana Mahsa Amini, por ter ousado não usar o hijab de acordo com os códigos do governo teocrático do Irão, quis realçar a coragem das mulheres e das multidões que se manifestam contra a arbitrariedade de um regime que quer regular os corpos das mulheres.
Após a leitura do Manifesto “Solidariedade com as Mulheres do Irão” por duas jovens activistas da organização, várias mulheres iranianas presentes responderam ao convite para darem o seu testemunho. Falaram das suas experiências pessoais e realçaram a importância de manifestações como esta para isolar o governo iraniano e para dar força ao povo iraniano que se levanta contra um estado opressor que nega ao povo e às mulheres os direitos humanos básicos, nomeadamente a liberdade de religião, de consciência e de cultura.
(Fotografia de Fátima Barata da FEM)
#MashaAmini
#IranProtests2022
#amini
#masha
#hijab
#iranprotests